Os Melhores Personagens Litérarios Masculinos

Eu sou a típica menina que, ao ler o livro, finge ser o personagem principal. O que me traz situações um tanto quanto complicadas, pelo simples motivo de me apaixonar pelo mocinho da história. Por este motivo, separei meus 10 principais crushes dos meus livros prediletos.

1. Michael Moscovitz – O Diário da Princesa, Meg Cabot

Com toda certeza, Michael Moscovitz, interpretado por Robert Schwartzman, foi meu primeiro amor. Desde criança, sempre fui apaixonada por nerds, músicos e olhos azuis. E aqui está a prova. Para ajudar, na vida real, Robert toca em uma banda chamada Rooney, o que faz minha admiração por ele aumentar cada vez mais, haha.

Na história, Micheal tenta conquistar o coração de Mia a cada dia, mas só no final que ela percebe que o ama também. Quem não se emociona na parte final do primeiro filme, quando ele diz “por que eu?”, e ela responde “porque você me viu até quando eu era invisível”? Eu quero um Michael para mim ):

 

2. Cricket Bell – Lola e o Garoto da Casa ao Lado, Stephanie Perks

A coisa que mais me faz amar Cricket são seus olhos azuis. Outra característica de Cricket é que ele não tem medo de demonstrar suas emoções. Durante todo o livro, ele não tem vergonha de demonstrar o que ele sente por Lola, além disso, ele é nerd/inventor que você se apaixona rapidinho. 

3. Augustus Waters – A Culpa é das Estrelas, John Green

Ah, por favor, quem, nessa face da Terra, não se apaixona por Augustus? Gus é completamente apaixonante, ele é carismático, muito adorável, bem humorado, sensível e irônico, Gus ganhou meu coração com essas últimas três características. Tem coisa melhor do que um garoto irônico que ao mesmo tempo é sensível? Tenho que admitir que nunca na minha vida chorei do jeito que fiz quando Gus morreu, foi realmente deprimente. 

4. Peeta Mellark – Jogos Vorazes, Suzanne Collins

Jogos Vorazes || via: tumblr

São por motivos óbvios que Peeta está nessa lista, além de fazer doces, ele é apaixonado pela mesma garota desde pequeno e tenta protegê-la a todo custo durante os Jogos, mesmo que isso signifique ele tenha que morrer. Sério, tenho vontade de morder de tão fofo que ele é. Bônus: ele é interpretado por Josh fucking Hutcherson

 

6. Charlie – As Vantagens de Ser Invisível, Stephen Chbosky

Untitled

Charlie é inocente. Essa é a provavelmente a característica mais marcante de Charlie durante o livro, além de sua inteligência. O que mais me identifico com Charlie é o grande amor por livros e, ele mesmo diz que tem um livro favorito até ler o próximo, o que também acontece muito comigo. Ele também é sensível e está começando a viver a vida agora: fazer amigos, lidar com uma namorada, sexo, drogas, entre outros fatores presente na vida dos jovens.

 

7. Ed Slaterton – Por Isso A Gente Acabou, Daniel Handler

Ok, ok. É muito errado eu colocar o Ed na lista dos melhores personagens masculinos, mas gente, eu realmente me apaixonei por ele. Eu acho que fiquei tão decepcionada quanto a Min com o término do namoro. Ed é o típico cara popular, e Min a típica garota alternativa pela qual ele se apaixona. E todas amam o Ed. A Min amou o Ed. Eu amei o Ed. E eu chorei muito quando eu descobri o que levou o fim deles dois.

8.  Leo Santiago – Fazendo Meu Filme, Paula Pimenta

O cara dos CDs. Esse é Leo Santiago, o cara dos CDs. Leo é muito fofo e sempre dá de presente para Fani CDs com músicas que ele usa para tentar fazer Fani entender que ele a ama. Leo ama tanto Fani que chega a abrir mão de estar perto dela pra ela poder realizar seu sonho, ele também é muito carismático e tem covinhas.

 

9. Ron Weasley – Harry Potter

The Butterflies Garden

Ei, ei, ei, ei, Weasley é o nosso rei. Apesar de eu não ser potterhead, Ron é maravilhoso. Fala sério, quem não adora o jeito medroso, guloso, engraçado e leal de Ron Weasley? E escolhi Ron porque morro de dar risada com ele, e simplesmente amo ele e a Hermione juntos.

 

10. Clay Jensen – Os 13 Porquês, Jay Asher

Clay não é exatamente um personagem que você sabe muita coisa, pois ele passa o livro inteiro escutando as fitas de Hannah e não revela muito sobre a sua vida, além de alguns momentos que estejam ligados a ela, o que permite ser visível que ele realmente gostava dela. Talvez seja isso que me faz me apaixonar muito pelo Clay, por ter a oportunidade de imaginar como ele é no dia-a-dia.

Selo literário 2013 e próxima leitura.

2013literario_zpsdfaace93

Muuuuito obrigada, Beles, por me indicar novamente em um post! Sempre fico muito feliz (:

Vamos as regras:

– Citar o nome e o link de quem te enviou

– Indicar 2 livros (no mínimo) que leu em 2012 e gostou.

– Listar 3 livros (no mínimo) que deseja ler em 2013.

– Oferecer para 10 blogs e avisá-los.

– Não esquecer do Selo no post.

 

– Indicar 2 livros (no mínimo) que leu em 2012 e gostou.

  • As Vantagens de Ser Invisível (The Perks of Being a Wallflower) – Stephen Chbosky
  • Charlotte Street – Danny Wallace
  • Depois dos Quinze – Bruna Vieira
  • Julieta – Anne Fortier
  • Fazendo Meu Filme – Paula Pimenta
  • A Escolha (The Choice) – Nicholas Sparks

– Listar 3 livros (no mínimo) que queira ler em 2013.

  • A Culpa é das Estrelas (The Fault in Our Stars) – John Green
  • Os Diários de Carrie (The Carrie Diaries) – Candece Bushnell
  • A Última Casa da Rua (House At The End of the Street) – David Loucka; Jonathan Mostow
  • O Lado Bom da Vida (Silver Linings Playbook) – David O. Russell

– Oferecer para mais 10 pessoas ou blogs e avisá-los (well, já que não conheço muitos, esses são meus favoritos)

 

Well, that’s all folks! Obrigada mais uma vez, Beles (: Ah, e pra quem quiser saber, o livro que estou lendo agora é O Estranho Mundo de Zofia, de Kelly Link.

Beijos!