Falling Fast

Untill you fall for him

Eu não sei nada sobre relacionamentos, e não sei nada sobre o amor. Eu só sei que, tudo o que eu mais quero no mundo, é continuar conversando com você. Eu quero saber como foi seu dia, onde você quer comer e eu quero discutir com você. E eu quero que você escute todas as minhas teorias, mesmo que você pense que elas estão, você sabe, erradas. E eu sei que isso tudo não é tão simples. Eu só acho que – não, eu tenho completa certeza de que, se você quiser continuar com essa conversa comigo, nós podemos descobrir o resto.

A verdade é que eu não sei o que estou sentindo. E o pior é que eu simplesmente não consigo largar isso. Talvez eu esteja me apaixonando muito rápido. Eu só espero que isso dê certo, espero que você esteja sentindo o mesmo. O pior é que tudo o que estou querendo dizer, sai como um clichê desgastado.

Eu nunca imaginaria que, algum dia, eu me apaixonaria por você. Eu amo o som da sua risada, quando você joga sua cabeça para trás como uma criancinha. Você é um tipo de droga da qual preciso, o tipo que poderia escolher. Oh, nós podemos ficar melhor do que estamos. Amo o cheiro do seu perfume, e do jeito que fico zonza só de sentir o aroma. Aquele sinto em todo canto, pois parece que está grudado na minha memória. Também amo quando você me encara, por mais que eu morra de vergonha e fico super vermelha, como você sabe que fico. Mas eu amo, porquê quando eu abaixo a cabeça, vejo você sorrindo divertido. E meu coração dispara. Adoro quando você tenta procurar um assunto para falar comigo, até porque eu sei que sou péssima para começar uma conversa, ainda mais com você. Além do mais, antes de te conhecer, eu nunca soube o que era olhar para alguém e sorrir sem um motivo exato.

Eu realmente espero entender tudo isso que você me faz sentir. Ainda estou tentando compreender como uma pessoa pode me fazer tão bem e tão mal ao mesmo tempo. E como estar num nível maior que amizade, mas muito menor do que qualquer relacionamento. Se é que isso realmente existe, ou são apenas essas histórias que costumo criar na minha mente.

Sinceramente, tudo o que eu mais quero, é que você me explique o que está passando na minha cabeça. Mesmo que não explique com palavras.

Anúncios

Como Você Se Define?

Antes de qualquer coisa, me desculpem pela ausência. Começo de ano, muitas coisas para organizar, sabem como é, né? Mas, hoje, gostaria de falar sobre um assunto que interfere a vida de todo mundo. Como você se define?

Esses dias, o Jack Harries, vlogger do canal JacksGap, postou em seu Tumblr um vídeo de uma garota chamada Lizzie Valasquez, uma americana que sofre de uma síndrome que não permite que ela ganhe peso e que só foi encontrada em mais duas pessoas em todo o mundo. Seus pais a criaram como se fosse uma criança totalmente saudável, teve uma infância completamente normal. Até que, quando entrou no jardim de infância, uma garota começou a chorar ao olhar para ela. Mas, as coisas foram ficando mais difíceis no ensino médio, quando fizeram um vídeo sobre ela com o título “A Mulher Mais Feia do Mundo”, cujo foi visualizado por mais de 4 milhões de pessoas antes mesmo de que ela soubesse da existência do mesmo. Então ela pensou, “eu só tenho duas opções: ligar para o que as pessoas pensam e desistir de tudo, ou lutar pelo o que eu mais desejo e mostrar que elas estavam erradas”. E foi isso que ela fez. Hoje, Lizzie já escreveu três livros sobre combate ao bullying e faz palestras onde fala da sua própria experiência e inspira milhões de pessoas em todo o mundo. 

“Pare de olhar e comece a aprender” é o seu lema.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=4-P4aclFGeg]